Enfim, facilidade

Finalmente o Grêmio teve uma vitória tranquila. A igualdade alcançada pelo São Paulo na segunda etapa foi um acaso. Era nítido que o Tricolor gaúcho venceria a partida, pois foi melhor durante todo o jogo.

Portaluppi acertou ao escalar Paulão. Com isso, adiantou Vilson e fez com que Lúcio fosse praticamente um meia ao invés de volante. O time ficou bem postado em campo e a vitória veio ao natural.

***

Lúcio e Gilson se deram bem na esquerda. Ambos renderam mais que Fábio Santos – o que não é lá tarefa muito difícil. Será que a camisa 6 finalmente mudará de dono?

***

André Lima não é lá o centro avante dos sonhos, mas é aguerrido e bom no jogo aéreo. A dupla com Jonas está dando certo.

***

Impressionante o nível das arbitragens brasileiras. E a CBF nem aí. Só quer saber da Copa…

***

Tudo bem, o adversário de ontem não faz uma boa campanha, mas o Grêmio vai aos poucos provando que tem um grupo. Talvez não suficiente para brigar pelo título, mas pelo menos para alcançar uma posição honrosa ao final do campeonato.

***

Saimon e Neuton devem formar a zaga contra o Vitória. Bom teste para os guris. O grande problema é quem será o armador – já que Douglas também está suspenso. Creio que Portaluppi colocará Lúcio de meia.

***

Se outubro for tão bom quanto setembro, o Grêmio vai dar trabalho.

*para canelada , tocoymevoy e arquibancadafc

Anúncios

Poderia ter sido mais fácil

Quase que o filme do jogo contra o Flamengo se repete. O Grêmio – como no segundo tempo do jogo do meio de semana – deixou de matar o jogo quando era melhor. Porém, a diferença foi que contra o Atlético/MG a partida poderia ter sido definida antes da meia hora inicial. O gol de Daniel Carvalho colocou o Galo na partida. No segundo tempo o Tricolor perdeu mais algumas chances de garantir a vitória, mas não teve sucesso. Aí foi sufoco até o fim. O Grêmio precisa ser mais efetivo e  matar os jogos quando criar as chances, até porque não será sempre que Victor salvará lá atrás.

***

Renato chamou o time mineiro para cima com suas alterações. Mesmo assim as melhores chances para marcar foram tricolores – muito mais pela fragilidade e desespero atleticano do que qualquer outra coisa.

***

Há quanto tempo um lateral do Grêmio não fazia um gol de dentro da área oriundo de uma tabela?

Outro que mais uma vez jogou bem foi Douglas. A escalação dos três volantes fizeram com que o meia não voltasse para marcar, o que ajudou no seu desempenho.

***

Victor fará falta enquanto estiver com a Seleção Brasileira.

***

Se o Grêmio voltar a fazer valer o fator local, e manter os bons resultados fora, pode brigar por uma vaga no G-3.

*para canelada , tocoymevoy e arquibancadafc

Onde está o fator local?

O Grêmio teve inúmeras chances de matar o jogo no segundo tempo e não o fez. Bastou um vacilo da zaga para o Flamengo chegar ao gol de empate. Parece que o fator local não é mais um ponto forte do time gaúcho. No segundo turno, estamos jogando melhor fora de casa. Se tivéssemos vencido Palmeiras e Flamengo, certamente estaríamos na disputa por uma vaga na Libertadores de 2011. Porém, o plantel do Grêmio carece de alguns jogadores de maior qualidade. É nítido.

***

Depois de fazer 1×0, inexplicavelmente o Grêmio recuou. Deu toda a liberdade para o Flamengo atacar. Léo Moura contra Fábio Santos era a arma do time carioca. Foi por lá que saiu o gol de empate. No segundo tempo o Grêmio voltou melhor. Acertou mais passes e o jogo fluiu mais fácil. Feito o 2×1, o Tricolor continuou criando chances, porém, pecou nas finalizações. Além disso, Marcelo Lomba também salvou a equipe de Silas. Victor, como sempre, também ia realizando suas defesas importantes. Com todo respeito ao Petkovic (que é um baita jogador), mas não se pode tomar gol dele em jogada de velocidade. E mais, para que a linha de impedimento? Que falta faz um xerife naquele meio campo.

***

O jogo do próximo domingo, contra o Atlético/MG fora de casa, é de vital importância. Uma derrota pode fazer com que o Grêmio volte a se preocupar mais com a parte de baixo do que de cima da tabela. As duas últimas boas atuações fora de casa dão uma alento ao torcedor. Como toda equipe mediana deste Brasileirão, o Grêmio oscila dentro da competição. E assim será até a última rodada. A não ser que o Tricolor consiga uma sequência de vitórias. Mas, pelo jeito, a tendência é que isso não ocorra.

***

Justa a convocação de Victor para a seleção brasileira. Está em ótima fase.

*para canelada , tocoymevoy e arquibancadafc