Quando o desinteresse conquista

Partimos da seguinte cena: uma mulher – espetacular – cobiçada por inúmeros homens. O ambiente pode variar já que este cenário é comum em vários lugares.

Como homem é burro, todos ficam babando pela menina. Ela, esperta ao saber que todos estão lhe fitando, se aproveita e faz deles o que quer. Afinal de contas, todos eles ao a agradarem estão fazendo bem ao ego dela.

Entretanto, ela não ficará com nenhum deles, porque o que ela quer é ser paparicada. Porém, se um homem que frequenta o mesmo ambiente tratar a moça de forma normal, sem exalta-la como os outros estão fazendo, este sim pode conquistar a moça.

Um pouco de desprezo ou até mesmo desinteresse vai colocar a seguinte dúvida na cabeça dela: “Por que só ele não me dá moral?”.

E é exatamente por querer saber a resposta para tal pergunta que ela vai se interessar pelo homem que a tratou de maneira tão diferente dos demais.

Se o rapaz tiver boa lábia, com certeza a terá em seus braços.

Anúncios