Nelson Motta, Tim e as risadas

Nesta semana assisti a uma entrevista que o genial Nelson Motta concedeu ao Roberto D’Avila, na Globo News. Qualquer papo com o Nelson me parece interessante, afinal de contas o cara tem história e conteúdo.

Lá pelas tantas a pauta foi a biografia do Tim Maia escrita por ele – que é muito boa, diga-se de passagem. Motta relatou que resolveu escrever o livro por ter uma gratidão com Tim. Segundo ele, o cantor foi a pessoa que mais fez ele sorrir na vida, e que este fato ele valorizava muito.

Talvez aí esteja um dos principais caminhos para que busquemos a improvável felicidade plena. Ter perto de nós quem nos faz rir e valorizar isso. Por mais dores que temos e teremos, não há sedativo melhor do que uma série de risadas.

Anúncios